sábado, 27 de outubro de 2007


BRINCANDO COM AS PALAVRAS

ARANHA
A DONA ARANHA
SUBIU PELA PAREDE
VEIO A CHUVA FORTE
E A DERRUBOU.
JÁ PASSOU A CHUVA
E O SOL VEM SURGINDO
E A DONA ARANHA
CONTINUA SUBINDO,
ELA É TEIMOSA
DESOBEDIENTE
SOBE,
SOBE,
SOBE,
NUNCA ESTÁ CONTENTE.


BOI
BOI, BOI,BOI
BOI DA CARA BRANCA.
PEGA ESTA MENINA.
QUE TEM MEDO DE CARRANCA.

COBRA
A COBRA NÃO TEM PÉ.
A COBRA NÃO TEM MÃO.
COMO É QUE A COBRA SOBE.
NO PÉZINHO DE LIMÃO
.

DEDO
DEDO MINDINHO
SEU VIZINHO
PAI DE TODOS
FURA BOLO
MATA PIOLHO

ESTRELA
MUITO LONGE, BEM DISTANTE.
ELAS BRILHAM SEM PARAR.
PARECEM PEDRAS PRECIOSAS.
EMBELEZANDO O LUAR.

FORMIGA

FUI NO MERCADO,
COMPRAR CAFÉ,
UMA FORMIGUINHA
SUBIU NO MEU PÉ.
EU SACUDI,
SACUDI,
SACUDI,
MAS A FORMIGUINHA
NÃO PARAVA DE SUBIR.


GATINHO
MEU GATINHO,
MEU GATINHO
AO DORMIR,
AO DORMIR
FAZ BEM DE MANSINHO,
BEM ENGRAÇADINHO.
ROM,ROM,ROM

HIENA
SENTADO NUMA BARQUINHA
A HIENA NEM SE TOCA
E SE DIVERTE SOZINHA
COM SEU SACO DE PIPOCA.

ÍNDIO
UM,DOIS,TRÊS,
INDIOZINHOS.
QUATRO,CINCO,SEIS
INDIOZINHOS.
SETE,OITO,NOVE.
TODOS NO MESMO BARCO
IAM NAVEGANDO RIO ABAIXO.
QUANDO JACARÉ SE APROXIMOU.
MAS O PEQUENO BARCO DOS ÍNDIOS


QUASE,
QUASE
VIROU,
MAS NÃO VIROU.
JACARÉ
CONHEÇO UM JACARÉ
QUE GOSTA DE COMER,
ESCONDA SUA (CABEÇA)
SENÃO O JACARÉ
COME SUA (CABEÇA)
E O DEDÃO DO PÉ.
(VARIANDO COM OUTRAS PARTES DO CORPO)

LUA
A LUA QUE VEM SURGINDO.
REDONDA COMO UM BOTÃO.
USANDO MEIA DE SEDA.
E SAPATINHO DE ALGODÃO.

O NAVIO NAVEGA
NAS ONDAS DO MAR
A CANOA VIROU
EU NÃO SEI NADAR.MACACO
MEIO DIA
MACACO ASSOBIA
PANELA NO FOGO.
BARRIGA VAZIA.
NAVIO


OVO
UMA CAIXINHA
DE BOM PARECER
NÃO HÁ CARPINTEIRO
QUE POSSA FAZER.

PEIXE
SE EU FOSSE UM PEIXINHO
E SOUBESSE NADAR...
EU TIRAVA A (FULANA)
DO FUNDO DO MAR "

RATO
O RATO ROEU
A ROUPA DO REI
ONDE ESTAVA O GATO
ATÉ HOJE EU NÃO SEI.

SAPO
O SAPO NÃO LAVA O PÉ
NÃO LAVA POR QUE NÃO QUER.
ELE MORA NA LAGOA
NÃO LAVA O PÉ
PORQUE NÃO QUER.
MAS QUE CHULÉ.

TARTARUGA
A TARTARUGA ENSINA
SUAS FILHAS A NADAR
LOGO APARECE UM PEIXINHO
QUE SÓ SABE ATRAPALHAR.

UVA
SOU UMA UVA;
SOU REDONDA
REDONDINHA
VERDE,
PRETA OU
ROXINHA.

VOVÓ
A CASINHA DA VOVÓ
AMARRADINHA COM CIPÓ
O CAFÉ ESTÁ DEMORANDO
COM CERTEZA NÃO TEM PÓ.

XALE
A BRUXINHA PÔS O XALE,
PRA VOAR PARA PARIS.
E VOANDO NA VASSOURA
ELA VAI TODA FELIZ
HARARA!!! HARARA!!!

ZEBRA
QUANDO SE PERGUNTA À ZEBRA
SE ELA É BRANCA
OU SE ELA É PRETA
NÃO SABENDO RESPONDER.
SEMPRE FAZ UMA CARETA.


Um comentário:

Marcos disse...

Glórias a Deus por sua vida...por sua capacidade...por sua percepção...por sua capacidade...por sua visão...por seu sorriso!!!!!
Deus continue te capacitando e a cada dia te renove em amor, esse amor tão lindo por nossos pequeninos...Beijos em seu coração....beijos em sua mente brilhante...Deus com certeza está orgulhoso de sua criação...Graça e Paz...Marcos Aurélio Florêncio